sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Sexta-feira. Cinzas (ao som de "Happy", by Tracy Chapman)

Música acessível em:http://www.youtube.com/watch?v=vFQntoVn1BA

Sexta-feira. Cinzas.

Este carnaval, eu não pulei.
Não dancei, não dei piruetas, não ri, não bebi caipirinha de péssima qualidade na Lapa.

Este carnaval eu me tranquei no meu quarto; eu sozinho com a escrita, o computador e algumas idéias soltas. Eu, eu e a solidão.

Neste carnaval eu bebi mate para me manter desperto, pois não podia perder as idéias no sono entre a madrugada e a manhã seguinte.

Houve bloco. Passou pela minha rua. Fechei a janela. Quando não bastou, abri a janela e esperei o bloco passar. Sorri.

Este carnaval eu me tranquei no meu quarto; eu sozinho com a escrita, o computador e algumas idéias soltas. Não podia perder as idéias no sono entre a madrugada e a manhã seguinte.

Quando houve fome, comi.
Quando deu vontade, caguei.
Quando muito o calor, tomei banho.

Este carnaval eu me tranquei no meu quarto; eu sozinho com a escrita, a solidão e algumas idéias soltas. Pensei na vida até agora. Pensei na vida daqui pra frente.

Não saí de casa, exceto quando para arejar um pouco a mente. Caminhava um pouco pela praia, e voltava.

Neste carnaval houve sorvete de creme para me manter desperto, pois não podia perder as idéias no sono entre a madrugada e a manhã seguinte.

Quando deu cansaço, caminhei.
Quando deu sono, dormi.
Quando vontade, tomei sorvete.

Este carnaval eu me tranquei no meu quarto; eu, a solidão, e umas outras coisas.

7 comentários:

Pi disse...

oi Puan

a solidão amiga te fez ótima companhia. Eu quase me senti como uma das "coisas" que ficaram inanimadas ao teu lado.

solidão... que poeira leve....

beijo

Vinícius disse...

Mano,
Gostei muito do blog, espero poder acompanha-lo constantemente. Sempre que tiver atualizações, avise-me.
Parabéns,
Vinícius Marinho

Irapoan disse...

Obrigado, Vinícius.

Oi, Pi.

Sim, solidão poeira leve... Foi um bom carnaval.

Beijo.

Irapoan disse...

Obrigado, Vinícius.

Oi, Pi.

Sim, solidão poeira leve... Foi um bom carnaval.

Beijo.

Andreza disse...

Às vezes, a solidão vale mais que mil comapanhias! Adorei o Blog.
Beijos,
Andreza.

Andreza disse...

Não foram poucos os momentos em que multidões se sentiram solitárias.
"Maior será aquele que souber ser o mais solitário, o mais escondido, o mais afastado, o homem que viver para além do bem e do mal, que será dotado de uma vontade abundante."

Irapoan disse...

Eu gostei de minha solidão carnavalesca... Eu, o editor de textos do computador... gosto de leite com nutella na boca.